Interesses e perfil

Ao se inscrever para o Enem, o candidato preenche um questionário. O +Enem trabalha com uma base de dados que contém as respostas dadas para essas perguntas e, portanto, consegue disponibilizar um conjunto de informações relevantes sobre os interesses dos seus alunos, além do perfil socioeconômico dos mesmos. 

O conhecimento dessas informações é fundamental para subsidiar o planejamento de ações eficazes voltadas ao aumento das médias da escola, visto que o baixo interesse dos alunos pode resultar em uma nota menor. Ou seja: um maior engajamento aumentará a probabilidade da média escolar melhorar também.  

Informações como o nível de interesse e perfil dos alunos são fundamentais para que se possa identificar escolas semelhantes, fazendo comparações mais justas e próximas da realidade. 

Vale ressaltar a importância de fazer o Enem. Atualmente o aluno pode utilizar os resultados da prova para diversas finalidades como: ingresso em universidade privada ou pública (através ou não do Sisu*), habilitação para o Prouni, certificação de ensino médio, dentre outras. 

  1. Observe o percentual de interesse dos seus alunos para cada uma das aplicações do Enem.  
    Levando em consideração o nível de interesses dos alunos e as possibilidades locais/regionais de uso dos resultados, esse nível de interesse está compatível com as aspirações da escola? Em caso negativo, por que ele está abaixo do nível de interesse esperado? O que pode ser feito para ampliar o interesse dos alunos para os demais usos do exame?

    *Para saber mais sobre o Sisu ou o uso do Enem para Prouni consulte nossa área de ajuda.

  2. O questionário de inscrição no Enem também irá revelar aspectos socioeconômicos de seus alunos.
    Entre esses aspectos está a renda média familiar, um dos parâmetros utilizados na definição das escolas semelhantes e escolas referência. Além disso, você pode verificar: número de alunos interessados em utilizar o Enem para a certificação de ensino médio, porcentagem de alunos que trabalham ou trabalharam, presença de internet na casa dos alunos, etc.