Mapa dos itens

É possível extrair, do banco de dados do Enem, os erros e acertos dos inscritos para cada item de prova. Com um tratamento estatístico adequado, também se pode calcular a porcentagem de acertos dos alunos das escolas que compõem os grupos de comparação (escolas semelhantes e escolas referência). Além da porcentagem de acertos, outras informações são relevantes para qualificar a análise: disciplina e habilidade.

O mapa dos itens foi construído para organizar esses dados. Através da tabela, é possível identificar os itens com maiores e menores rendimentos, a frequência das disciplinas e frequência das habilidades. Um aspecto relevante é o cálculo preciso da diferença de rendimento entre a escola e as escolas de comparação, para cada item da prova. Assim, será possível quantificar as diferenças identificadas no relatório de rendimento nas habilidades.

Alguns itens são interdisciplinares, ou seja, envolvem duas ou mais disciplinas.

  1. Observe a distribuição das disciplinas entre os itens.
    Identifique os itens pelo(s) qual(is) você é responsável. Quantos são? Qual é a porcentagem deles em relação ao total de itens?

  2. Calcule a diferença de rendimento entre a escola e o grupo de escolas semelhantes. Faça uma lista ordenando os itens - da maior para a menor diferença. A partir do ordenamento, classifique-os em três grupos. As habilidades de atenção são prioritárias, pois o rendimento da escola é menor do que o das escolas semelhantes.