Análise dos itens

O pleno entendimento sobre o aprendizado dos alunos não é possível somente pela análise das médias ou distribuição de notas. É fundamental verificar o rendimento por habilidade e analisar o item onde cada uma foi avaliada e, assim, qualificar o aprendizado dos alunos.

O +Enem mantém o seu alto grau de inovação ao produzir o relatório integral do item®, o mais completo conjunto de dados sobre os itens da prova do Enem. São vários os aspectos que o tornam singular:

  • O índice de acertos da sua escola e das escolas do grupo de comparação;
  • Porcentagem de alunos que marcaram cada uma das opções de resposta;
  • Identificação das hipóteses de aprendizado (o que o aluno considerou como correto);
  • O nível de dificuldade do item, calculado a partir do rendimento de todos os alunos do país, em escolas de mesma dependência administrativa;
  • A indicação do “objeto de conhecimento”. Os objetos estão presentes na matriz do Enem e se referem a uma proposta de descrição dos conteúdos avaliados, numa terminologia mais próxima do professor do ensino médio;
  • Análise integral do item com uma reprodução completa (enunciado, imagens e opções de resposta).

A escolha dos itens que serão analisados dependerá do seu objetivo. Consideramos válida a leitura de todos os itens da área - ordenados, ou não, por rendimento - pois possibilitará uma visão ampla do aprendizado dos alunos, e também a leitura de itens específicos, selecionados a partir do relatório de rendimento nas habilidades ou no mapa dos itens.

  1. Veja a porcentagem de acertos que os alunos da escola tiveram no item. Compare com a das escolas semelhantes. Qual é a diferença em pontos percentuais?

  2. Leia o enunciado do item e procure qualificar as opções de respostas. Como sugestão de possíveis termos para classificá-las tem-se: correta, muito plausível, plausível, pouco plausível ou nada plausível.

  3. Analise: dentre as opções de respostas incorretas, há alguma que, pela concentração de optantes, merece destaque? Resgatando a classificação das opções de resposta feita anteriormente, qual é a hipótese para essa concentração? Fique atento: geralmente o padrão de distribuição muito igual dentre todas as opções de respostas indica que os alunos não dominavam o conteúdo e marcaram aleatoriamente qualquer uma das opções de resposta.

  4. Compare a distribuição na porcentagem de respostas marcadas na escola e nas escolas semelhantes. Há diferença expressiva em alguma opção? Em caso afirmativo, qual é a hipótese para esse fato?