Redação

A avaliação da prova

Cada redação é apreciada por dois avaliadores. No momento da correção, os avaliadores se baseiam em níveis de desempenho do aluno para determinar a nota em cada uma das cinco competências exigidas na elaboração da redação. As notas em cada competência podem variar de 0 a 200. No final, cada avaliador soma a nota dada em cada competência, que pode chegar a 1000 (mil) pontos.

 

A nota final do participante será a média aritmética das notas totais atribuídas pelos dois avaliadores. Caso as notas dadas pelos avaliadores seja muito discrepante, a redação será corrigida por mais um professor. Nesse caso,  a nota final será a média aritmética das duas notas totais que mais se aproximarem.

 

Redação nota 0

É preciso atentar para alguns pontos que podem fazer com que um aluno receba a nota 0 (zero) na redação do Enem:

  • Fuga total ao tema;
  • Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
  • Texto com até 7 (sete) linhas;
  • Impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto;
  • Desrespeito aos direitos humanos; e
  • Folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho.

 

Competências e habilidades avaliadas

Cinco competências são avaliadas na redação do Enem e as notas que podem ser atribuídas aos candidatos em cada uma dela, dependendo de seu nível de desempenho.

 

Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.

200 pontos

Demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita serão aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizem reincidência.

160 pontos

Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita.

120 pontos

Demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita.

80 pontos

Demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.

40 pontos

Demonstra domínio precário da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa, de forma sistemática, com diversificados e frequentes desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.

0 ponto

Demonstra desconhecimento da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.



Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

200 pontos

Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo, e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo.

160 pontos

Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão.

120 pontos

Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão.

80 pontos

Desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão.

40 pontos

Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais.

0 ponto

Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais.



Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

200 pontos

Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, em defesa de um ponto de vista.

160 pontos

Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, em defesa de um ponto de vista.

120 pontos

Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista.

80 pontos

Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores, em defesa de um ponto de vista.

40 pontos

Apresenta informações, fatos e opiniões pouco relacionados ao tema ou incoerentes e sem defesa de um ponto de vista.

0 ponto

Apresenta informações, fatos e opiniões não relacionados ao tema e sem defesa de um ponto de vista.



Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

200 pontos

Articula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

160 pontos

Articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

120 pontos

Articula as partes do texto, de forma mediana, com inadequações e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

80 pontos

Articula as partes do texto, de forma insuficiente, com muitas inadequações e apresenta repertório limitado de recursos coesivos.

40 pontos

Articula as partes do texto de forma precária

0 ponto

Ausência de marcas de articulação, resultando em fragmentação das ideias.



Competência 5:  Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

200 pontos

Elabora muito bem proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

160 pontos

Elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

120 pontos

Elabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

80 pontos

Elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto

40 pontos

Apresenta proposta de intervenção vaga, precária ou relacionada apenas ao assunto.

0 ponto

Não apresenta proposta de intervenção ou apresenta proposta não relacionada ao tema ou ao assunto.



Veja o tema da redação 2012, exemplos de redação nota 1000 e comentários dos avaliadores.



Guia da Redação do Enem

Para se familiarizar com a redação do Enem, o Ministério da Educação (MEC) lançou o Guia da Redação do Enem, em que o candidato encontra informações sobre o processo de avaliação, como são atribuídas as notas, motivos de uma redação tirar nota zero, como cada competência é pontuada e outras informações importantes que podem auxiliá-lo na elaboração do texto.